9 de set de 2011

Dieta Yoguica






Antes do desenvolvimento da Ciência Moderna, as propriedades ocultas dos alimentos e ervas eram utilizadas para purificar, corrigir desequilíbrios e curar. A tendência de hoje, é regressar a estes princípios.
Na tradição yoguica, o sabor não é visto como somente um atributo agradável ou desagradável da comida, mas sim como um fator importante que afeta a nossa saúde e disposição.


Alimentos Doces: fortalecem, agradam e nutrem. Em excesso podem criar muco, indigestão, constipação frequente e obesidade.

Alimentos Amargos: limpam a garganta, afinam o intelecto e ajudam a pele. Em excesso, podem ocasionar dores de cabeça e perda de força.

Alimentos Adstringentes: são aliviantes e refrescantes, diminuem o muco e purificam o sangue. Em excesso, podem causar gases, prisão de ventre, dores no peito e sede.

Alimentos Ácidos: estimulam o apetite e as secreções digestivas, excitam a mente e fortalecem o fluxo de energia aos órgãos. Em excesso contribuem para as febres, inflamações e impurezas no sangue.

Alimentos Salgados: diluem o muco, aumentam o apetite e ajudam a digestão. Em excesso, causam debilidade, impotência, rugas na pele, hiper-acidez e inflamação.

Alimentos Picantes: ajudam na assimilação da comida, excitam os órgãos, secam o excesso de fluidos, curam úlceras e combatem a obesidade. Em excesso, destroem o sémen e causam fadiga, perda de força, sede e dores no corpo.


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Este é um blog do bem, que preserva a ética na net

Este blog contém imagens e textos coletados na Internet.

Caso algo publicado aqui, esteja sem identificação de autoria, peço a gentileza de informar, para que sejam dados os devidos créditos.